quinta-feira, 27 de agosto de 2009

reflexão de: Raízes

"Ainda ontem no Festival de Teatro do Sudoeste, assisti ao espetáculo "Raízes", do grupo de teatro da cidade de Poções. A peça foi inspirada no poema de Castro Alves, Navio Negreiro... Por alguns minutos fiquei “remoendo” todas as atrocidades que nossos antepassados sofreram, humilhações, renegações, desrespeito... Foi descendo garganta abaixo uma mistura de ódio, raiva, insatisfação, compaixão... Mas diante daquelas cenas a palavra Resistência, me fez entender que Eu, militante do MOVIMENTO NEGRO MOCAMBO ODARA, NÃO devo parar de lutar contra a segregação racial disfarçada, que em nossa cidade, em nosso país. Sempre ando armado de estratégia como Zumbi de Palmares, armado de inteligência e sabedoria como Abdias do nascimento, mas se for preciso jogarei capoeira também!!!"


por: Reginaldo Jr.

1 comentários:

Fernando,  2 de setembro de 2009 21:27  

Fiquei feliz com o seu texto, que bom! É verdade temos que nos armar mesmo sempre.

  ©Template by Dicas Blogger.