quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Cresce o numero de pessoas que se declaram pardas no Brasil

Por: Alisson Silva



A cor dos brasileiros sofreu uma pequena mudança no ultimo ano. Em 2008, houve um aumento de 1,3 ponto percentual nas pessoas declaradas pardas e uma redução de 0,7 das pretas e de 0,8 das brancas. Mas, ainda assim, a população á marjoramente branca, com 48.5% (dados do IBGE).

Os Pardos (aqueles que se declaram mulatos, cafuzos, mamelucos ou mestiços de branco com outra raça) chegaram a 43,8 % do total. Depois estão os pretos (6,8%) e os amarelos e indígenas (0,9 %).
Na verdade, são um conjunto de fatores que podem ter contribuído para essa "reafirmação de cor" do brasileiro. hoje, existe uma maior identidade do cidadão com sua caracteristica de miscigenado, essa identidade está sendo vista como um patrimonio de individualidade e de valor cultural.
O crescimento desta "maior identidade" tem sido, um fruto do aumento da intensidade das lutas e discurssões geradas pelos movimentos sociais, pelas politicas publicas geradas em torno do assunto e por atitudes de personalidades que se afirmam negros ou pardos. Um bom exemplo disso foi a eleição do presidente norte-americano, Obama influenciou, muitas pessoas que tinham duvida de que poderia se afirmar como pardo ou negro, um outro belo exemplo dado, foi o do jornalista da rede Globo, Heraldo Pereira, que fez no jornal nacional uma manifestação de orgulho por ser negro.

Essa divisão por raça , também tem uma forte influencia Cultural Regional, apresenta-se uma diferença bastante significativa entre as regiões, sendo que na Região Norte 71% das pessoas se dizem pardas e 22,9% brancas. No Nordeste, 62,2% se afirmam pardos e há o maior numero de pessoas que se declaram pretas (7,9%), já a Região Sul é a que tem o maior numero de brancos, com 78.7% , e o menor de pretos, com 3,5%. em seguida , está a Sudeste, com 56,8% da população se declarando branca.

1 comentários:

Jama Libya 25 de fevereiro de 2013 22:59  

A MeGaLOBO RACISMO? A violência do preconceito racial no Brasil personagem (Uma negra degradada pedinte com imagem horrenda destorcida e bosalizada é a Adelaide do Programa Zorra Total, Rede Globo do ator Rodrigo Sant’Anna? Ele para a Globo e aos judeus é engraçado, mas é desgraça para nós negros afros indígenas descendentes, se nossas crianças não tivessem sendo chamadas de Adelaidinha ou filha, neta e sobrinha da ADELAIDE no pior dos sentidos, é BULLIYING infeliz e cruel criado nos laboratórios racistas do PROJAC (abrev. de Projeto Jacarepaguá, como é conhecida a Central Globo de Produção) é o centro de produção da Rede Globo que é dominado pelos judeus Arnaldo Jabor,Carlos Sanderberg, Luciano Huck,Tiago Leifert, Pedro Bial, William Waack, William Bonner&Fatima Bernardes, Mônica Waldvogel ,Ernesto Paglial& Sandra Annenberg,Wolf Maya,Caio Blinder,Daniel Filho e o poderoso Ali Kamel diretor chefe responsável e autor do livro Best seller o manual segregador (A Bíblia do racismo,que ironicamente tem por titulo NÃO SOMOS RACISTA baseado e num monte de inverdades e teses racistas contra os negros afro-decendentes brasileiros) E por Maurício Sherman Nisenbaum(que Grande Otelo, Jamelão e Luis Carlos da Vila chamavam o de racista porque este e o Judeu sionista racista Adolfo Block dono Manchete discriminavam os negros)responsável dirige o humorístico Zorra Total Foi o responsável pela criação do programa e dos programas infantis apresentados por Xuxa(Luciano Szafir) e Angélica(Luciano Hulk) ambas tendos seus filhos com judeus,apresentadoras descobertas e lançadas por ele no seu pré-conceitos de padrão de beleza e qualidade da Manchete TV dominada por judeus sionistas,este BULLIYING NEGLIGENTE PERVERSO que nem ADOLF HITLER fez aos judeus mas os judeu sionistas da TV GLOBO faz para a população negra afro-descendente brasileira isto ocorre em todo lugar do Brasil para nós não tem graça, esta desgraça de Humor,que humilha crianças é desumano para qualquer sexo, cor, raça, religião, nacionalidade etc.o pior de tudo esta degradação racista constrangedora cruel é patrocinada e apoiada por o Sr Ali KAMEL (marido da judia Patrícia Kogut jornalista do GLOBO que liderou dezenas de judeus artistas intelectuais e empresários dos 113 nomes(Contra as contra raciais) com o Senador DemóstenesTorres que foi cassado por corrupção) TV Globo esta mesma que fez anuncio constante do programa (27ª C.E. arrecada mais de R$ 10,milhões reais de CENTARROS para esmola da farsa e iludir enganando escondendo a divida ao BNDES de mais de 3 bilhões dollares dinheiro publico do Brasil ) que tem com o título ‘A Esperança é o que nos Move’, o show do “Criança Esperança” de 2012 celebrará a formação da identidade brasileira a partir da mistura de diferentes etnias) e comete o Genocídio racista imoral contra a maior parte do povo brasileiro é lamentável que os judeus se divirtam com humor e debochem do verdadeiro holocausto afro-indigena brasileiro é lamentavel que o Judeu Sergio Groisman em seu Programa Altas Horas e assim no Programa Encontro com a judia Fátima Bernardes riem e se divertem. (A atriz judia Samantha Schmütz em papel de criança no apoteótico deste estereótipo desleal e cruel se amedronta diante aquela mulher extremem ente feia) para nós negros afros brasileiros a Rede GLOBO promove incentivo preconceito raciais que humilha e choca o povo brasileiro.Taryk Al Jamahiriya. Afro-indigena brasileira da Organização Negra Nacional Quilombo – ONNQ 20/11/1970 – REQBRA Revolução Quilombolivariana do Brasil quilombonnq@bol.com.br

  ©Template by Dicas Blogger.