sábado, 8 de agosto de 2009

Terras de quilombolas e cotas impedem votação de estatuto

video
A Lei Áurea, assinada pela Princesa Isabel no dia 13 de maio de 1888, libertou 750 mil negros que trabalhavam como escravos no Brasil. 121 anos depois, movimentos negros reivindicam direitos garantidos pela Constituição mas que ainda não são cumpridos. Esses direitos estão no Estatuto da Igualdade Racial, que estava previsto para ser votado.


Créditos:
- Reportagem - Ana Chalub
- Deputado Onyx Lorenzoni (RS) - vice-líder do DEM
- Deputado Carlos Santana (PT-RJ) – presidente da Comissão Especial que analisa o Estatuto
- Deputado Antônio Roberto (PV-MG) – relator do Estatuto da Igualdade Racial
- Edson Santos - ministro da Igualdade Racial

0 comentários:

  ©Template by Dicas Blogger.